sábado, 17 de junho de 2017


Queria escrever um poema,

despida de memórias

vestida de vida.

Do remanso das águas,


do amor e da dor

das mãos cheias de nada

Das casas desabitadas,


dos medos...dos segredos...da flor solicitada.

Queria tanto escrever um poema...que vestisse de luz a madrugada. 


E deixar a menina dos meus olhos, cirandar nos corredores da minha alma. (Bandys)♥

domingo, 11 de junho de 2017


Nós somos como o dia e a noite.Como o salgado e o doce.
Como a vida e a morte. Somos contrapostos, que se completam.
Somos os Alfa e o Omega. Somos o amor. O amor delicado...
Felizes aqueles que conseguem encontrar o  amor.
Feliz sou porque encontrei o verdadeiro amor em você.
Assim tão de repente. Sem querer.
Um momento foi o suficiente pra você invadir a minha vida.
Te amo pelo que você é, te amo porque não é.
Deixei aberto o que  está vivo em mim. Tenho sons na alma que são capazes
De cantar tão alto quanto seja possível e por todo canto que eu olho,
vejo o quanto isto é tão teu, o tanto que isto é tão valioso dentro de mim. 

 apenas existe, por você existir em mim. É amor que invade quem vive,
 é vida que vibra quando se permite existir. (Bandys)♥